Buscar
  • Sárila Aline Ferronatto

Ho'oponopono – Sabedoria Havaiana de Cura

Atualizado: Abr 25

Você está precisando de um milagre?



No caminho de redescoberta da essência, precisamos de ferramentas para nos ajudar a encontrar o ponto de religação com a nossa energia original. Na minha jornada, uma das muitas ferramentas que encontrei e, usando-a muito, percebo grandes resultados, é o Ho'oponopono.

Muita gente me questiona sobre o que é o Ho'oponopono e como atua, foi por isso que decidi criar um post só sobre esta maravilhosa sabedoria de cura.

Para enriquecer as informações aqui publicadas, me baseio em dois livros que já li e recomendo a leitura:

- Limite Zero (Joe Vitale e Ihaleakala Hew Len);

- O grande livro do Ho'oponopono (Jean Graciet, Dr. Luc Bodin e Nathalie Bodin).


O que é Ho’oponopono

O Ho’oponopono se origina de uma tradição ancestral havaiana: “ho’o” significa “causa” em havaiano e “ponopono” quer dizer “perfeição”. O termo “Ho’oponopono” pode ser traduzido como: harmonizar, corrigir um erro, tornar certo, reordenar.

De acordo com esta sabedoria de cura, todos nós carregamos memórias, memórias que compartilhamos com outras pessoas, coisas ou ambientes. Essas memórias normalmente assumem o controle da nossa vida, criando crenças, situações repetidas, situações que aparentemente não fazem sentido e trazem pessoas que também, a princípio, não fazem sentido algum.

O Ho’oponopono traz à luz da consciência a nossa responsabilidade em atrair tudo o que está acontecendo em nossas vidas. Portanto, ao praticar o Ho’oponopono você precisa assumir 100% de responsabilidade. Você precisa entender que absolutamente tudo o que está experienciando em sua vida é sua responsabilidade e você atraiu. Por quê? Entender o porquê não é importante, basta que você seja responsável.

Se somos responsáveis por tudo o que atraímos, também é nossa responsabilidade corrigir o que vivenciamos, a partir de nós mesmos, conectando-se à Divindade.

Você provavelmente já ouviu falar no psicólogo havaiano que curou uma ala de um hospital cheia de criminosos com problemas mentais, sem se quer ter atendido pessoalmente um único paciente?

Dr. Ihaleakala Hew Len revisava cada uma das fichas de seus pacientes e os curava ao curar a si mesmo. Os resultados pareciam um milagre, porém milagres realmente acontecem quando se pratica o Ho’oponopono.


Você está precisando de um milagre?

Como é possível curar os outros curando a si mesmo?

O segredo reside no fato de que: “o outro não existe”. Tudo o que acontece, acontece na nossa mente. Tudo o que enxergamos, tudo o que ouvimos, cada pessoa que encontramos, experienciamos tudo isso na nossa mente. Apenas pensamos que está acontecendo fora de nós e dessa forma não é nossa responsabilidade. Mas na verdade é o contrário! Somos responsáveis por tudo o que pensamos e por tudo o que nos chama atenção.

“A maioria das pessoas não tem a menor ideia do que significa a responsabilidade. Elas preferem culpar os outros e as circunstâncias externas. Quando elas se desenvolvem e se tornam mais conscientes, começam a se considerar responsáveis pelo que dizem e fazem. Além disso, quando você se torna ainda mais consciente, você pode começar a compreender que é responsável pelo que todo mundo diz ou faz, simplesmente porque essas pessoas fazem parte da sua experiência. Se você cria a sua própria realidade, então você criou tudo o que você vê, até mesmo as partes que não gosta.” (Limite Zero - Joe Vitale e Ihaleakala Hew Len)

Ok, tornar-se responsável por tudo o que acontece na minha vida.

Mas como o Ho’oponopono funciona exatamente?

A filosofia do Ho’oponopono consiste em cancelar memórias, permitindo o acesso ao chamado “zero”. O zero seria um vazio, um ponto aonde não há mais memórias, pois estas já foram canceladas, e agora há espaço para o novo, para a paz, para a luz.

Para que isso aconteça há quatro passos simples neste método e a ordem da repetição não é importante. Arrependimento, Perdão, Gratidão e Amor são as únicas forças em ação - mas essas forças têm poder incrível.

Passo 1: Arrependimento – Eu sinto muito

Sendo você responsável por tudo em sua mente, uma vez que você se dá conta disso é natural sentir arrependimento. Natural sentir-se arrependido por atrair coisas que você nem sabe bem como as atraiu, ou como atraiu os sentimentos e emoções que está sentindo no momento.

Aqui vale lembrar que não devemos focar no porquê atraímos tais situações para não vibrarmos na vitimização. O importante é a mentalidade de responsabilidade e a intenção da mudança de padrão, a intenção de fazer diferente daqui para frente.

Passo 2: Perdão – Por favor, me perdoe

Não se preocupe para quem você estará pedindo perdão. Apenas peça! Por favor, me perdoe. Diga isso e verdadeiramente sinta no seu coração.

Passo 3: Gratidão – Sou grato(a)

Diga “sou grato(a)” ou “obrigado(a)” e, novamente, não importa a quem você está agradecendo. Agradeça ao seu corpo por tudo o que ele faz por você. Agradeça a você mesmo por ser o melhor que você pode ser. Agradeça a Deus. Agradeça ao Universo. Apenas continue agradecendo. A gratidão expressa a sua fé que tudo será resolvido para o bem maior de todos envolvidos.

Passo 4: Amor – Eu te amo

Diga “eu te amo”. Diga ao seu corpo, a Deus, ao ar que você respira, à casa que te abriga. Diga “eu te amo” aos seus desafios. Diga “eu te amo” com todo o seu coração. Não há nada mais poderoso que o amor, que transmuta a energia bloqueada em energia fluindo, e assim, religa você ao Divino.


O Ho’oponopono é um estilo de vida, não uma terapia

Ao praticar o Ho’oponopono você pede a Deus (a Divindade, ao Criador, ao Universo) para limpar, purificar a origem dos problemas, que são as memórias. Com isso você neutraliza a energia associada à determinada pessoa, lugar ou coisa. No processo esta energia é libertada e transmutada pela Divindade em pura luz. Dessa forma, dentro de você, o espaço que foi liberado é preenchido por esta luz.

No Ho’oponopono não há culpa, não é necessário reviver os sofrimentos, não importa saber o porquê do problema ou a sua origem.

No momento que você encontra no seu interior algum incômodo em relação a uma pessoa, ou lugar, acontecimento ou coisa, inicie o processo de limpeza, peça a Deus:

“Divindade, limpe em mim o que está contribuindo para este problema.”

Depois disso repita as frases: “Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato(a).” várias vezes. Você pode destacar uma das frases se quiser, a que lhe toca mais naquele momento e repeti-la. Deixe a energia fluir.

O que acontece a seguir é determinado pela Divindade. Você pode ser inspirado a tomar alguma ação, qualquer que seja, ou não. Escute sua intuição e ela lhe guiará. Se persistir a dúvida, continue o processo de limpeza que a resposta virá. É muito importante não criar expectativas quanto ao resultado da limpeza. Entregar faz parte do processo e desapegar do controle da situação também.


O Ho’oponopono é uma técnica simples e incrivelmente eficaz

Como tanto me ajuda, espero que ajude você também que começa a praticá-lo a partir da leitura deste post.

Para concluir, deixo aqui uma meditação que eu adoro do canal da Regina Tavares no YouTube e indico que vocês sigam o canal, há várias meditações lindas, a oração original e muitos vídeos com conteúdos maravilhosos sobre o Ho’oponopono:



“O Ho’oponopono é um dom profundo que nos permite desenvolver um relacionamento funcional com a Divindade interior e aprender a pedir que, em cada momento, os nossos erros de pensamento, palavras, feitos ou ações sejam purificados. O processo diz essencialmente respeito à liberdade, à completa liberdade em relação ao passado”. (Morrnah Nalamaku Simeona – Mestre Principal de Ho’oponopono, citada no livro Limite Zero)
0 visualização
  • b-facebook
  • Instagram Black Round

© 2020 por Individualmente - Todos os direitos reservados.